• Hospital Bom Pastor Ijuí

Hospital Bom Pastor escolhe nova diretoria

Na noite de ontem, o Hospital Bom Pastor realizou a sua Assembleia Ordinária Geral para escolha da nova da Diretoria. A cerimônia aconteceu no Auditório da instituição e contou com a presença de associados e colaboradores.


O novo presidente eleito e empossado é o empresário ijuiense, Nilo Rubem Leal da Silva, que iniciou sua trajetória como membro da diretoria no ano de 2002, onde assumiu uma vaga no Conselho Consultivo e permaneceu até 2009. Já em 2010 ocupou o lugar de Vice-Presidente Patrimonial até o ano de 2016. No mesmo ano, retornou para o Conselho Consultivo onde continuava até ontem. “Nós já atuamos por 20 anos na diretoria do Hospital Bom Pastor. É uma diretoria voluntária onde participamos ativamente durante todo esse período, tanto para a elaboração de novos projetos como a construção do novo espaço, quanto para dar continuidade aos serviços de qualidade que a instituição já oferece a comunidade de Ijuí e região. Fizemos parte da identificação de uma área para a construção do novo hospital, trabalhamos para captar recursos junto à comunidade, então eu já conheço e me identifico com o Hospital Bom Pastor e isso é muito importante”.


Nilo ainda destaca o trabalho de sucesso das gestões anteriores. “Assim como as outras diretorias, nós vamos focar na seriedade, na valorização de equipe de voluntários e colaboradores e suas ideias, focando sempre na saúde, na manutenção de nossas instalações, na melhoria, em novos equipamentos e na captação de recursos. O trabalho voluntário sempre é importante para a cidade e nós queremos fazer um trabalho ainda melhor daquele que nós fizemos em outras instituições e associações”.


A nova Diretoria fica até 2025. Martinho Kelm, que deixa o cargo de presidente após o período de seis anos, ressalta que os resultados falam por si só. “As inúmeras vidas salvas denotam que a tarefa de gestão é essencialmente fazer escolhas, é fazer com que cada centavo aplicado seja justificado não somente pela transparência de sua execução, algo que sempre foi observado, mas principalmente, pelo resultado gerado. A Direção do Hospital Bom Pastor é absolutamente comprometida com esta linha de conduta institucional e vai além. Entende que a primeira responsabilidade social de uma instituição é cumprir com zelo e parcimônia sua missão. Isto significa, em primeiro lugar, honrar seus compromissos, significa adimplir suas contas, importa em não endividar a instituição, significa também entregar, para cada nova gestão que a vá suceder um hospital viável, saneado e rentável. É isto que cada membro da Diretoria que conclui este ciclo tem tranquilidade em apresentar: somos um hospital viável que consegue gerar anualmente superavit e caixa para que novos e maiores projetos sejam implementados. A saúde financeira é a premissa da autonomia decisória de qualquer instituição e é condição para que o futuro possa ser construído e não imposto. Para a realização de cada ação, decisão e iniciativa foi necessário o trabalho e envolvimento diuturno e incansável de todo nosso corpo de funcionários e corpo clínico”.


Para a Diretora Executiva, Rosane Schiavo, um ciclo encerra-se e novo inicia, sem nunca perder o que foi semeado até esse momento. “Vencer os desafios, fazer entregas de valor, promover os avanços necessários em sintonia com os novos tempos, credenciar novos serviços, empreender para potencializar nossa Instituição, preservando nossa essência, são marcas dessa gestão. Cada membro dedicou-se com intensidade para que o conjunto dessa obra fosse fortalecido. Amparados pela experiência e pelo exemplo dos pioneiros, e na nossa capacidade de percebermos oportunidades de melhorias, somos reconhecidos no cenário estadual de saúde pelo modelo de gestão e pelos resultados apresentados. Com certeza, estamos fazendo história”.


Junto a Nilo, assume como vice Administrativo, Matias Nunes Frizzo; Martinho Luís Kelm como vice Social; Ivo Ney Kuhn como vice de Patrimônio; como 1º Secretário: Marinês Tambara Leite; 2º Secretário: Ricardo Santiago; 1º Tesoureiro: Jenoir Schiavo e 2º Tesoureiro: Renato Echer.


Já no Conselho Consultivo assumem Odacir Secchi, Valmor Luiz Alievi, Joaquim Gatto, do Direito; José Crippa, João Pedro Ferreira, Remi Tonaldo Korb como Projetos e Construção; como Relações Institucionais, Luciano Anderson Fricke, Celisia Bohn, Larissa Ceratti; como Adm/Contabilidade: Euselia Paveglio Vieira, Edemar J. Zanon, Aguida Petter; como Saúde e Educação, Guilherme Heuser, Cassiano Dei Ricardi da Rosa, Guilherme Wolf Pimentel e; Ex-Presidentes: Antonio Miron, Gustavo Arno Drews, Rui Polidoro Pinto.


Por fim no Conselho Fiscal assumem como titulares: Edivor Trevisan, Roberto Tadeu Bolson, Irani Paulo Basso, e suplentes: Eider Ravison, Alecio Basso, Marcos Pozzobon.























132 visualizações0 comentário